É difícil começar um primeiro post, eu ia dizer. Quando, de repente, parei já aqui:

 

é difícil começar

No rol das promessas de novo ano,

ou dos projetos mais incríveis idealizados por você e um amigo,

ou então das sacadas mais elaboradas e concebidas na mesa de bar,

 

Quantas ideias viveram para contar história?

E quantas já viraram história antes mesmo de começarem a ser vividas?

 

Acredito que dentre o maior dos mil e um motivos que fazem um projeto nunca vir a ser tangibilizado no mundo das coisas reais é a dificuldade que reside em:

 

começar.

 

Começar um projeto improvável é de certa forma aquele processo de revolver o conhecimento decantado dentro de nós, tomar iniciativa onde sempre poderia esperar mais tempo e seguir em frente com os joelhos frágeis e as borboletas no estômago.

 

É se jogar no desconhecido mesmo sem ter certeza nenhuma do que vai acontecer depois.

 

Às vezes é até olhar pra aquele desconhecido, não enxergar até onde vai o fundo e fazer conta torta de análise dos riscos.

 

É preferir ver no que vai dar do que fazer o que esperam de você.

 

créditos da imagem: Clara Trevia

Cair em queda livre é sempre incerto –  imagem por Clara Trevia

 

créditos da imagem: Clara Trevia

Mas foi a partir dessa queda que meu salto começou – imagem por Clara Trevia

 

Por isso, superado o medo inicial de me jogar nos braços queridos da Sustentarte que me seguraram na ocasião da foto, agora é hora de nos jogarmos no desconhecido dos relatos e trocas que virão a se tornar de domínio público e coletivo neste blog.

 

Mais do que começar com um estrondoso post inaugural, pensei em responder de forma sucinta, mas bem simples de coração, uma pergunta que todos nossos amigos que nos ouviram especular sobre a ideia de criar um blog nos fizeram:

 

Mas afinal do que se trata esse blog que vocês querem fazer??

 

Bem, PlanoBio é um blog e registro das nossas vivências em direção ao que acreditamos. Ou, melhor dizendo:

 

É o começo.

 

Mas então…

o PlanoBio é um blog diferentão?

senhor do dedo verde

master chef da alimentação saudável

lonely planet das viagens

MacGyver da sustentabilidade

casal 20 dos perrengues

 

Diferentão? Não, a ideia é fazer o oposto, tornar estes temas um assunto comum.

Acreditamos num mundo em que as ideias são conectadas em rede, e que muita coisa daqui vai de encontro às ideias de outras pessoas…

Por isso a importância de compartilharmos nossas vivências triviais entre perrengues e experiências.

 

Certeza que a gente não sabe onde vai dar isso, mas já passamos tempo demais olhando pro precipício sem fundo. Chegou a hora de arriscar. De apenas começar. Vem com a gente?

 

planobio

About the author
  • Natalia caldas

    Que máximo, meus amigos! ! Sucesso come estas idéias maravilhosas :))

    • planobio

      Obrigado Dr. Caldas 😉 .

  • Luis

    Bacana Ale e Lara ! Fico Feliz por vocês.
    Gostei do design, dos textos e da espontaneidade. Parece conversa entre irmãos!
    Luis

    • planobio

      Valeu Luis! Esse é o clima !! 😉 Grande abraço para vc ! Ale e Lara